0
Shares
Pinterest Google+

Se a mulher não for à , alguns cuidados ao longo da já são o suficiente para a segurança do bebê.

Muitas se assustam apenas de ouvir falar em e infelizmente é comum que mulheres sejam orientadas pelo obstetra a se desfazer de seus bichanos.

Afinal de contas, o que é a toxoplasmose? Trata-se de uma doença provocada por um de nome toxoplasma gongii que pode ser encontrado em carnes cruas e mal passadas, em terras contaminadas e em fezes de gatos.

Segundo artigo publicado pelo portal World Animal Protection, se a mulher é infectada pela primeira vez pelo protozoário, corre o de abortar o bebê ou de gerar uma criança com problemas congênitos. Geralmente no pré-natal, o médico solicita alguns exames que podem mostrar se a mulher já é imune à toxoplasmose. O mais comum é que o ser humano desenvolva à doença ao longo da vida.

Informações do portal especialista em maternidade Trocando esclarecem que durante as primeiras semanas de são solicitados dois exames para análise, o de IgG e IgM. O IgM mostra quando a mulher teve com o parasita, já o IgG aponta se a mulher já possui a imunidade contra a doença.

Em um exame de sangue solicitado pelo obstetra é constatada a dosagem do IgG que mostrará se a mulher é imune, caso não seja, alguns cuidados deverão ser tomados.

Existem de Toxoplasmose?

A doença pode ser assintomática, porém quando existem sintomas, estão entre eles:

· Calafrios;
· Dores musculares;
· Dor de cabeça;
· alta;
· Presença de gânglios em várias regiões do corpo

Quais os cuidados para evitar a Toxoplasmose?

Em casos em que os exames não apontam a imunidade à doença, a mulher deve tomar alguns cuidados como:

· Lavar bem as mãos antes do preparo da comida;
· Comer carnes e alimentos em geral muito bem cozidos;
· Higienizar devidamente frutas, verduras e legumes;
· Tomar ao entrar em contato com jardins, se for necessário mexer na terra , é recomendado o uso de luvas;
· Se a mulher tem gatos, outra pessoa pode cuidar da caixa de do bichano e se não houver quem possa fazer, é importante utilizar luvas

Não abandone o seu animal por falta de informação!

Muitas mulheres até mesmo por orientação do médico abandonam seus animais (gatos e cães). Nem todo gato tem a doença, para saber é importante submetê-lo a um exame específico conduzido por um veterinário.

E se o gato tiver a doença, ainda assim, não haveria razão para abandoná-lo. Tomar o cuidado como o descrito acima de deixar a função da limpeza da do animal para outra pessoa ou de cuidar da limpeza com uma luva já é o suficiente.

O gato não é o culpado e não deve ser visto como monstro! Dificilmente um animal devidamente vacinado e tratado terá a doença.

Informações do portal especialista em maternidade Trocando Fraldas esclarecem que durante as primeiras semanas de gestação são solicitados dois exames para análise, o de IgG e IgM. O exame IgM mostra quando a mulher teve contato com o parasita, já o IgG aponta se a mulher já possui a imunidade contra a doença.

Anterior

Acidentes com animais de estimação: Saiba como evitar

Próxima

Eles latem, lambem e fazem fisioterapia